Polo Porto

Centro de Investigação em Comunicação, Informação e Cultura Digital – Porto
Missão

O CIC.Digital – Centro de Investigação em Comunicação, Informação e Cultura Digital (Referência FCT: UID/CCI/04667/2016) é uma Unidade de I&D sem personalidade jurídica e sem fins lucrativos, reconhecida e financiada pela FCT, vocacionada para a promoção e execução de investigação em Ciências da Comunicação, em Ciência da Informação e em Cultura Digital, e em áreas de relação interdisciplinar entre as Tecnologias da Informação e da Comunicação e as Ciências Sociais, em conformidade com o quadro normativo da FCT.

Descrição

O CIC.Digital iniciou a sua atividade em agosto de 2016 e sustenta-se numa estrutura organizativa quadripolar:

  1. Polo sedeado na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (coordenação);
  2. Polo sedeado na Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP);
  3. Polo sedeado na Universidade de Aveiro;
  4. Polo sedeado na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologia.
CIC.Digital Porto
Este polo tem como instituição de acolhimento a Faculdade de Letras da Universidade do Porto e agrega cerca de 23 investigadores no domínio das Ciências da Comunicação e da Informação, provenientes de duas Unidades de Investigação: o Centro de Estudos das Tecnologias e Ciências da Comunicação (CETAC.MEDIA), da Faculdade de Letras da Universidade do Porto), e o Centro de Investigação Media e Jornalismo (CIMJ), da Universidade Nova de Lisboa.

O CIC.Digital Porto orienta a sua ação no sentido de contribuir para a análise, aprofundamento, construção e difusão do conhecimento no âmbito da sua missão, tendo como atribuições:

  1. Contribuir para o desenvolvimento da investigação científica, através da realização de projetos de investigação, coletivos ou individuais, e proporcionar um espaço para o diálogo e desenvolvimento de projetos de investigação transdisciplinares envolvendo investigadores de diferentes áreas do conhecimento, de forma a estabelecer um campo comum que permita explorar o potencial de geração de novo conhecimento resultante da complementaridade existente entre as áreas tecnológicas e as não tecnológicas;
  2. Desenvolver sistematicamente a investigação científica fundamental, aplicada e experimental nas áreas das Ciências da Informação e da Comunicação, das Ciências Sociais e Humanas, do Audiovisual e das Novas Tecnologias de informação e do Conhecimento, numa perspetiva inter e transdisciplinar;
  3. Contribuir para a melhoria da comunicação científica da Universidade em que se encontra sedeado, à comunidade;
  4. Apoiar a formação superior avançada (doutoramentos, mestrados e pós-graduações);
  5. Criar redes nacionais e internacionais de cooperação científica e tecnológica entre investigadores, universidades, centros de investigação e empresas, na área da comunicação;
  6. Promover a publicação e a edição de trabalhos científicos e a produção de conteúdos para os média (escritos, audiovisuais e suportados em novas tecnologias da informação e do conhecimento).